Imprensa

Início

Expominas Contribui para Sustentabilidade 

Expominas Contribui para Sustentabilidade 

A sustentabilidade é um valor essencial para o Expominas. É por isso que um dos maiores e mais importantes centro de eventos do país, comprometido com a preservação do meio ambiente, incentiva ações socioambientais que contribuem para a redução dos impactos ambientais e o aumento da geração de renda.

Em parceria com a Trevo Ambiental Engenharia e Consultoria Ambiental LTDA/ Projeta, empresa responsável pela coleta seletiva e gestão dos resíduos gerados durante os eventos, o Expominas desenvolve ações educativas buscando orientar e incentivar visitantes e expositores a adotarem práticas sustentáveis sobre o descarte correto do lixo e a reutilização de materiais, dentro e fora dos eventos.

O papel, papelão, plástico, metal, vidro, madeira, lâmpadas fluorescentes e resíduos não recicláveis, materiais coletados antes, durante e após as atividades realizadas no Expominas, são separados e destinados à reciclagem, ao reaproveitamento energético, à descontaminação e ao aterramento. A destinação correta desses materiais colabora para a sustentabilidade ambiental e a criação de novos negócios.

Preocupado com a questão do ruído ambiental, o Expominas foi planejado dentro dos padrões internacionais e da mais moderna técnica de espaços moduláveis e multifuncionais do mercado. Sua infraestrutura inteligente possui tratamento acústico em todos os espaços. O sistema de isolamento acústico filtra até 40 dB, evitando eventuais ruídos gerados nos pavilhões e na arena.

O Centro de Eventos está entre as empresas que colaboram com a preservação ambiental e incentivam formas de reciclagem e reaproveitamento, com benefícios econômicos e sociais para a sociedade. Serve de exemplo e inspiração a todos aqueles ligados de forma direta ou indireta ao seu universo. Faça parte da mudança que você quer ver no mundo!

Acesso rápido, seguro e limpo

O Expominas é o único centro de eventos da América Latina interligado à plataforma de metrô. A conexão rápida, segura e confortável ao local, contribui com a diminuição da poluição sonora, a emissão de gases poluentes e o consumo de combustíveis fosseis não renováveis. Utilize o transporte público!

 

AÇÕES AMBIENTAIS

  • Reciclagem

Ao reaproveitar ou reutilizar, você diminui a quantidade de lixo que é jogada na natureza, além de poupar energia e matérias-primas para a fabricação de novos produtos. É um passo para um futuro sustentável separar, limpar e organizar todo material reciclável.  É simples, fácil e todos podem contribuir.

Saiba como separar os materiais recicláveis:

Vermelho: plástico (garrafas de água e refrigerante, frascos de produtos de higiene e limpeza, sacos plásticos e copos descartáveis);

Verde: vidro (garrafas, frascos de conserva, perfumes e produtos de limpeza);

Azul: papel (jornais, revistas, cadernos, papel de embrulho, embalagens de papel e papelão);

Amarelo: metal (latas de alumínio, pregos, arames, produtos de ferro, zinco, bronze e cobre);

Preto/ Cinza: orgânicos (restos alimentares, cascas de legumes, frutas, verduras, folhas de árvores).

Os materiais tóxicos exigem reciclagem especial e não devem ser jogados no lixo comum. Entre eles estão: pilhas, baterias, lâmpadas, embalagens como inseticidas. Alguns materiais não são reciclados, como: papel higiênico, lenços de papel, curativos, fraldas descartáveis, absorventes, preservativos.

Quanto tempo cada material lançado no solo leva para se decompor:

Papel comum: 30 dias;

Ponta de cigarro: de 10 a 20 anos;

Plástico: de 30 a 40 anos;

Alumínio: de 80 a 100 anos;

Tecidos: de 100 a 400 anos;

Vidros: 4.000 anos;

O alumínio pode ser reciclado com um índice de reaproveitamento de quase 100%.

O lixo orgânico pode ser utilizado na produção de adubo para hortas.

Produzir papel reciclado consome de 70% a 90% menos energia do que o papel comum e ainda poupa nossas florestas.

E média, se usarmos uma sacola de tecido, economizaremos seis saquinhos plásticos por semana, 24 sacos por mês ou 288 sacos por ano. Assim, deixaremos de descartar 22.176 sacos ao longo da nossa vida.

A reciclagem ajuda a diminuir a poluição da água, doa ar e do solo, além de contribuir para a geração de novos empregos.

  • Reaproveitamento Energético

É a utilização de resíduos com potencial energético (poder calorífico) para gerar energia ou calor para outros processos produtivos. Um exemplo é a queima da madeira em formos de siderúrgicas, queima de massa orgânica em termoelétricas, etc.

  • Aterramento

É uma forma de disposição dos resíduos que não podem ser reciclados, reutilizados ou que são inservíveis. Os aterros sanitários são locais preparados para este fim. Segundo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), aterramento é uma distribuição ordenada de resíduos, observando normas operacionais específicas de modo a evitar danos ou riscos à saúde pública e à segurança, e a minimizar os impactos ambientais adversos.

  • Descontaminação

A descontaminação de lâmpadas fluorescentes varia de acordo com o modelo do produto. Porém, esse processo se resume, basicamente, em separar os terminais (componentes de alumínio, soquetes plásticos e estruturas metálico-eletrônicas), o vidro (em forma de tudo, cilindro ou outro formato), o pó fosfórico (pó branco contido no interior da lâmpada) e, principalmente, o mercúrio, que será, no fim, recuperado em seu estado líquido elementar.

 

Expominas

De braços abertos para receber o Brasil e o mundo

Planejado dentro dos padrões internacionais e da mais moderna técnica de espaços moduláveis e multifuncionais do mercado, o Centro de Eventos Expominas possui uma infraestrutura inteligente para realizar com sucesso shows, eventos corporativos, culturais e sociais, nacionais e internacionais. São 72 mil metros quadrados de área construída dos quais 30 mil m2 destinados à área de eventos, com capacidade para até 45 mil pessoas.

O Expominas BH está localizado na região do Hipercentro de Belo Horizonte, entre dois grandes corredores de acesso à capital, a 25 minutos do Aeroporto da Pampulha e a 50 minutos do Aeroporto de Confins.

Siga nossas redes sociais: @expominasbh